18/10/05

A sanita vanguardista

No Hirose & Minematsu Lab. apenas pactuamos com tecnologia de ponta. Acabo de regressar de mais uma experiencia avassaladora - a sanita vanguardista!

O tampo aquecido conforta a intimidade do momento, os jactos de agua quente (devidamente dirigidos a partir de 3 ângulos distintos) apaziguam mente e corpo. Para aqueles que gostam de ler há uma lâmpada, e os internautas, desde que devidamente munidos com o seu laptop, podem surfar pela web sem terem de se levantar da sanita (há acesso Web via Wireless). Para os mais básicos, como eu, lá nos vamos entretendo com o menu da sanita e com os jactos de agua. Há sanitas assim...

3 comentários:

basto disse...

Que consolo António! E eu que estava convencido que a Finlândia já era suficientemente evoluída para 1 alma lusitana e eis que nos surges com estas lufadas de experiências e histórias que nos deixam loucos! Mantém-nos informados dessas excentridades do oriente e publica fotos!!! Um abraço (Paulo Vasconcelos)!

Anónimo disse...

Ola grande António!! Um abraço do teu amigo da Covilhã Luis Pereira.
Vou continuar a vir ao teu blog ver novidades dessa aventura "oriental" eheh.

Anónimo disse...

só me lembro do marcel duchamp!!...
a complexidade das funções básicas...e a lógica procura o instinto... sempre desconfiei de que as "melhores" "surpresas" viriam de oriente!!
beijo e continua a saga...
marta (fundão)