09/12/05

E depois do Outono?

O Outono dilui-se com o passar dos dias, num adeus prolongado. Nas árvores de cores alegres a folha caduca foi Rainha e Senhora de um exercito que usa as cores do arco-íris.

Amantes, fotógrafos e pintores, ansiosos por captarem a nostalgia envolvente, invadiram o Campus da Universidade de Tóquio (parques, rios e florestas apresentam os mesmos sintomas).

Aqui vos deixo algumas fotos Outonais deste Campus Universitário:

4 comentários:

Maria Ferreira disse...

"Na minha terra, não há árvores nem flores.
As flores, tão escassas, dos jardins mudam ao mês,
e a Câmara tem máquinas especialíssimas para desenraizar as árvores.

O cântico das aves ? não há cânticos,
mas só canários de 3º andar e papagaios de 5º.
E a música do vento é frio nos pardieiros.

Na minha terra, porém, não há pardieiros,
que são todos na Pérsia ou na China,
ou em países inefáveis."
Jorge de Sena; Paraísos artificiais

Bruno Reis disse...

Eu um dia tambem quero viver num bilhete postal.
Abraços natalicios...

Anónimo disse...

grandes fotos... grande abraço ric adonis

manu disse...

vi um filme onde as árvores tinham essa cor, grandes contrastes e pensei: como terão feito akilo, grandes efeitos especiais. :)