27/09/06

A erva daninha

Hoje enquanto discutiamos questões sociais um amigo Japonês disse-me algo que poucos teriam coragem de dizer numa sociedade como esta. "Sabes?... pisando-me não me quebram a vontade. Apenas me dão alento para ser a erva daninha que, façam o que fizerem, há-de sempre voltar a erguer-se".

Numa sociedade conformista como a Japonesa esta afirmação tem o que se diga...

4 comentários:

Menino Mau disse...

bem visto...

Ana Oliveira disse...

Ñ percebi 1 coisa: como é a sociedade japonesa? Podes explicar-me o k é k quer dizer com sociedade conformista?

Menino Mau disse...

acho q é o individuo apagar-se para o colectivo brilhar..

Antonio Rebordao disse...

A sociedade Japonesa tem muito que se diga mas fiquemos pelo seguinte:

excesso de burocracia, hierarquias e formalidade excessiva, relações sociais superficiais e uma certa castração do individualismo e uma melancia de 5Kg custar 19EUR...

chamei-lhe sociedade conformista porque no confucionismo aceita-se o destino sem tentar altera-lo muito. A educação nas escolas Japonesas também tem tendência a criar individuos conformistas que obedeçam sem espevitar.

Conheço pessoas que são excepção a tudo o que escrevi mas acredito que a sociedade no todo se comporte assim.