27/03/07

Pedras no caminho














1) fotografia tirada no Museu Auguste Rodin, Paris - Maio de 2002

2) fotografia tirada no Museu D'Orsay, Paris - Maio de 2002
* ambas as esculturas são de Auguste Rodin (1840-1917)

Hoje encontrei uma pedra no caminho (pedra que poderia ter sido arco íris e que recorda a bola na rede em Match Point (Woody Allen)). Em vez de recuar, resolvi contorná-la pois o sonho que induz o passo persiste e, foi então, que ao som dos New Order, dei um passo firme e seguro. E como há fé no amanhã, aqui vos deixo as palavras do poeta.

-----------------------------
"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa (1888-1935)

-----------------------------

2 comentários:

Laura disse...

Olá caro António,
É com alegria que vejo que, apesar de teres encontrado uma pedra no caminho, encontraste também força para a carregar contigo e, desse modo, te fortaleceres.
Nunca duvidei das tuas forças e, por isso, sempre senti que tens uma longa vida adiante para mostrares ainda mais os teus valores.
Um grande beijo

Angel disse...

olha o fernandinho...:)
o grande poeta do meu coração...
O importante é continuar, seguir em frente...um dia essa pedra ainda te vai dar jeito;)
*******beijo